Entre em contato: (79) 3246-0773 / 3246-2391 / 98819-0942

Notícias

Chocolate para cães: NÃO!

Estamos na semana da Páscoa e quem não gosta daquele gostinho delicioso que o chocolate nos traz? A troca de ovos de Páscoa entre pessoas que se amam é uma tradição nessa época, mas quando o assunto é pet o cuidado deve ser redobrado. O ideal é que seu cão não coma chocolate, pois ele contém uma substância chamada Teobromina, que consiste em um alcaloide primário da família das metil-xantinas. Esse produto é diurético, estimulante do coração e vaso dilatado e para seu cão pode ser fatal. No organismo humano a quantidade de teobromina encontrada no chocolate é pequena o suficiente para não ser um perigo para a pessoa. Já no animal principalmente no cão, que o metabolismo é mais lento o risco de envenenamento é grande. Pode-se até levar em consideração que existe uma relação entre peso do animal e quantidade que ele teoricamente poderia comer, mas como cada animal é diferente, cada um com suas sensibilidades, o ideal mesmo é não por a vida do seu amiguinho em risco. Ele não precisa passar vontade vendo você comer ovos de páscoa, existem produtos que no mercado pet que são “chocolates” fabricados especialmente para eles. Mas se acontecer de seu amiguinho comer chocolate sem você ver. Confira as dicas para identificar a tempo que ele está intoxicado: Muitas vezes o seu cão pode não aparentar nenhum sinal, isso vai depender do estado de saúde do seu pet e da quantidade comida por ele de chocolate. Nesse caso, ele pode apresentar falha cardíaca, ainda mais se o animal for idoso. Caso apresente sintomas, eles podem ser: excitação, nervoso, vômito, diarreia, beber muita água ou ter espasmos. Caso note um desses sintomas no seu amiguinho procure imediatamente um medico veterinário para obter os cuidados necessários.

Localização

Rua Fenelon Santos, 504 - Salgado Filho. Aracaju - SE, 49020-350